Curso de História e Cultura Africanas

"Em termos práticos e no sentido amplo, deixando de lado as exceções como os professores do perfil de Kabengele Munanga, Wilson Barbosa, Milton Santos, Eunice Prudente, Denis de Oliveira, e alguns poucos outros (aos quais rendemos nossas homenagens), nada de relevante tem sido feito em toda a trajetória da USP sobre a população negra, o lugar do negro na produção, na participação histórica, na produção de conhecimento e na transmissão deste. Muitas questões sobre o significado da população negra na sociedade atual são de praticamente total descaso intelectual - desta e de outras universidades brasileiras.

Neste descaso temos a formação de gerações, a socialização e a compreensão das origens. Uma compreensão das relações sociais que seja despoluída de eurocentrismos, de racismo anti-negro e de brancocentrismos brasileiros, de demagogias sobre a igualdade nacional produzida pela suposta mestiçagem - que teria hibridado as populações sem ter o mesmo efeito sobre as contas bancárias - sobre a propriedade, sobre o domínio da cultura e sobre a própria estrutura da universidade brasileira, uma tal compreensão despoluída passa por uma revisão do nosso conhecimento sobre história e cultura africanas.

Embora exista uma lei a respeito, e mesmo havendo cadeiras no currículo universitário sobre o assunto, permanece a ser realizada a tarefa de difusão das história e cultura africanas. Os passos tímidos neste sentido são explicados pela dificuldade. As barreiras estão no embate secular de campos ideológicos: qual Brasil, para quem e com que tipo de democracia deseja-se construir?"

O prof. Henrique Cunha Jr formou-se em Engenharia Elétrica pela USP (São Carlos) e em Sociologia pela Unesp (Araraquara). É mestre em História, fez doutorado em Engenharia na França e livre-docência na USP. É professor titular na Universidade Federal do Ceará. Dirigiu grupos de teatro amador no movimento negro na década de 1970 e foi membro do Grupo Congada de São Carlos. Participou da fundação do Núcleo de Consciência Negra na USP e da Associação Brasileira de Pesquisadores Negros, tendo sido seu primeiro presidente. É autor de diversos livros sobre a temática racial.

Cartaz curso Henrique Cunha Jr Historia e Cultura Africanas